A Apologia da Ignorância

«Ignorância é felicidade e eu quero que o meu povo seja feliz» A frase, por vezes atribuída a Salazar, cuja veracidade da atribuição não conseguimos averiguar, é apontada, quando é, em modo de escárnio e nojo pelos seus inimigos – querendo com isso atacar o homem pela sua suposta vontade de manter o povo ignorante […]

Read More A Apologia da Ignorância

Teocracia e Escravatura

Não existem homens sem Religião, existem apenas homens que não sabem que Religião seguem. Visto que o Estado é operado por homens, baseado em constituições feitas por homens, que aplica leis escritas por homens, segue que o Estado também não existe sem uma Religião. Tal como o indivíduo, o Estado pode não saber, ou não […]

Read More Teocracia e Escravatura

O colapso de quê?

«This is the arresting and dominant fact about modern social discussion; that the quarrel is not merely about the difficulties, but about the aim. We agree about the evil; it is about the good that we should tear each other’s eyes out. (…) The social case is exactly the opposite of the medical case. We […]

Read More O colapso de quê?

Uma sociedade sem classe

Adenda (09/06/2017): Ler este post do João no Livro das Imagens, que complementa as ideias aqui descritas. A Constituição da República Portuguesa foi originalmente escrita em 1976 por marxistas declarados que julgavam interpretar “os sentimento profundos” do povo português (sempre tão científicos estes comunistas) ao derrubar “o regime fascista” – mesmo que esses sentimentos fossem […]

Read More Uma sociedade sem classe