Maio de 68

O João Carlos Espada (JCE) publicou um texto que ilustra a vacuidade moral, a obsessão economicista e, sobretudo, a incapacidade de observar o mundo à volta e admitir um erro que caracteriza a Direita moderada. A mundividência do JCE, talvez pela idade, talvez por teimosia, ou talvez por ser um marxista arrependido daqueles que se […]

Read More Maio de 68

Sorriso de Raposa

Malcolm X é uma daquelas figuras que o zeitgeist moderno prefere não mencionar. Ao contrário de Martin Luther King, sempre aplaudido por todos os quadrantes por se encaixar nos desígnios das elites e promover todos os lugares comuns da nossa era, Malcolm X não faz parte dos santos seculares da historiografia oficial, pois era primeiramente […]

Read More Sorriso de Raposa

O Supositório Arco-Íris

Um novo termo tomou de assalto o discurso político nos últimos anos: o comprimido. Em especial, o comprimido vermelho, the red pill, aludindo ao filme The Matrix. E em especial, este comprimido tem sido um discurso político mais à Direita, em oposição ao consenso ideológico reinante nas últimas décadas, que é de Esquerda. No filme […]

Read More O Supositório Arco-Íris

O colapso de quê?

«This is the arresting and dominant fact about modern social discussion; that the quarrel is not merely about the difficulties, but about the aim. We agree about the evil; it is about the good that we should tear each other’s eyes out. (…) The social case is exactly the opposite of the medical case. We […]

Read More O colapso de quê?

O Meio é a Mensagem

“Daily news and sugar confuse our system in the same manner.” Nassim Nicholas Taleb A citação acima aparece no livro Antifragile (altamente recomendado, como os outros do autor) e vem na sequência de uma explicação do fenómeno de iatrogenia quando aplicado ao consumo regular de notícias. Em resumo, o que Taleb argumenta é que os […]

Read More O Meio é a Mensagem